Avançar para o conteúdo principal

IV Ciclo CinemaVida - 18/Maio/2013

Dando continuidade ao debate à volta de temas complexos sobre a Vida e que requerem uma reflexão consensual e profunda, o  ISCRA, vai realizar no próximo dia 18 de Maio, Dia da Vida, a quarta edição do Ciclo CinemaVida. 
Desta vez o debate recairá sobre dois temas inquietantes da atualidade. A manhã desse dia iniciará com a questão: «Vida humana e deficiência: quem pode definir que vidas são dignas?». Esta reflexão inicia com a projeção do filme: «O Escafandro e a Borboleta»  (ver trailer), seguido de colóquio com Doutor Filipe Almeida (Diretor do Serviço de Humanização do Hospital de S. João - Porto; Presidente da Direção do CEB; Comissão de Ética Investigação Clínica). À tarde a grande pergunta temática refere: «Ética e indústria farmacêutica: quantas vidas justificam a descoberta de um medicamento?». Para chegar a uma resposta será projetado o filme «O Fiel Jardineiro» (ver trailer), seguido de colóquio com Doutora Ana Sofia Carvalho (Professora Associada da UCP. Diretora do Instituto de Bioética - UCP. Coordenadora do Unidade de Investigação do Instituto de Bioética e do Doutoramento em Bioética. Co-coordenadora da Cátedra UNESCO em Bioética. Perita do 7.º Programa Quadro da Comissão Europeia na área da Ética, Ciência e Sociedade). O dia encerra com o Concerto Vida, protagonizado pelo Quarteto Noscalla (Classe de saxofone – DECA/Universidade de Aveiro)
Este ano, e para permitir uma participação mais alargada e em comunhão com o local onde decorrem as celebrações do Dia da Vida, o Ciclo terá lugar no Auditório do Centro das Artes do Espetáculo, em Sever do Vouga e com entrada livre e gratuita, bastando apenas uma inscrição prévia para a contagem dos participantes/lugares
Esta edição conta com a prestimosa parceria do CEB (Centro de Estudos de Bioética), ADAV (Associação de Defesa e Apoio da Vida) e, ainda, da Câmara Municipal de Sever do Vouga e da Universidade de Aveiro

ISCRA 
Serviço de Divulgação