Avançar para o conteúdo principal

Como estudar? (Sugestões e recomendações)

O método de estudo é pessoal e leva alguns anos a adquirir. Um grande número de alunos ainda não encontrou a melhor forma de rentabilizar o seu tempo e isso é, sem qualquer dúvida, importante.
Antes de mais, deves cuidar do espaço onde estudas: deve ser sempre o mesmo; confortável, sem contudo convidar ao sono, com luz natural, com o material necessário e sem "distractores" (computador ligado de forma permanente, chats, telemóvel disponível para troca de sms, música em volume alto ou até médio, posters que fazem a tua imaginação "voar" mesmo no teu campo de visão, etc.). Evita que te interrompam e, se for necessário, pede às pessoas que respeitem esse teu tempo. Não são precisas muitas horas de estudo se o fizeres regularmente. Guarda diariamente o tempo necessário para rever e organizar os apontamentos que tiraste e para fazer algum "tpc" que te tenha sido pedido. Não deixes acumular matéria nem adies qualquer tarefa, mesmo que seja muito simples. Se assim fizeres, vais ver que o tempo te parece maior. Reserva uma tarde por semana para um estudo mais profundo. Se tiveres sido assíduo às aulas e cumpridor do estudo de revisão diário, vais ver que na maior parte das vezes chega.
Como proposta de organização de trabalho, sugiro que comeces por seleccionar o material de leitura; divide-o nas partes que correspondem a temas ou subtemas. A partir daí faz uma leitura transversal - lê o início dos parágrafos e procura rapidamente palavras chave: marca, em cada momento, os parágrafos que te parecem mais importantes. Depois da pré-leitura estás preparado para ler o texto integralmente: Começa por recordar mentalmente o que já sabes sobre essa matéria, pois isso vai facilitar a compreensão do texto. Inicia a leitura tentando perceber cada parágrafo e estabelecendo as relações com o tema (assunto). É natural que ao longo da leitura surjam conceitos novos. Usa um dicionário de Português e um de Filosofia como apoio - se não tiveres, aqui, no nosso blogue, há uma ligação para um. Interessa-te pelos novos conceitos, pois é assim que se faz uma grande parte do trabalho de investigação. 
Logo que terminares a leitura, interroga-te sobre o conteúdo do texto; imagina questões e responde-lhes; extrai conclusões. O passo seguinte é relacionar esses dados com a matéria tratada na aula: desta forma asseguras a compreensão global e pormenorizada do tema, bem como a sua memorização. Finalmente, e em função do tipo de resultados que encontrares, produz pelo menos um documento: resumo, esquema, quadro ou texto, de preferência com alguma reflexão pessoal. 
Lembra-te que não deves ficar a estudar mais que duas horas sem fazer um intervalo de pelo menos 10 minutos. Procura horários diurnos, pois há estudos que revelam melhores resultados daqueles que trabalham com luz natural. Não deixes de dormir um mínimo de sete horas diárias. Podem parecer pormenores, mas é com esforço e detalhes que se consegue a diferença e os melhores resultados.
F.Lopes