Avançar para o conteúdo principal

Manifesto Ético e Político

Em tempos de neoliberalismo, no contexto da desumanização crescente das relações sociais, ‘remar contra a maré’, como diz o professor José Paulo Netto, em termos éticos, significa não compactuar com a reprodução de valores que neguem os direitos humanos e sociais, não se omitir diante das injustiças e opressões e discriminações. Tais atitudes éticas – se não são trazidas para o âmbito da ação política – permanecem apenas como objeto de uma indignação que não transforma objetivamente a realidade.
Uma das crenças liberais mais poderosas é a de que a barbárie, assim como as desigualdades, são constitutivas da natureza humana. A visão que Marx nos legou fornece os fundamentos para a desmontagem deste pensamento. Por isso, ‘remar contra a maré’, com esse referencial crítico e histórico, nos permite recusar esta naturalização e tomar nosso destino nas mãos, conscientes de que os homens são os autores de sua história.
Maria Lucia Barroco, Manifesto Ético e Político in interacoes-ismt.com