Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2015

2081

Mahatma Gandhi - Nove Horas Até a Eternidade

O balão vermelho

Somos todos diferentes - imperdível

A Taxa de Aturação

A Taxa de Aturação (ou TdA) não é uma coisa com que nascemos. Quando éramos bebés não aturávamos nada a ninguém, logo a começar pelas nossas mães. Viraste a cabeça para outra criatura que não eu? Dirigiste esse teu olhar que me pertence absolutamente a um bardamerdas qualquer que teve a lata de te interpelar? Então raios te partam eternamente e eu vou pessoalmente contribuir com uma gritaria de fazer encolher os céus e até o Senhor Deus, para que jamais Ele esqueça esta tua ofensa ao meu precioso ego nascituro. Não. A Taxa de Aturação é uma medida que se é obrigado a aprender, no caminho para a nossa escravatura adulta. Fomos fascistas intolerantes quando éramos pequenotes? Começa-se logo a pagar mal temos pequenotes por nossa culpa. O infante embrulhadinho grita sempre que não encontra a felicidade suprema que procura? Toma, é para pagares os muitos meses em que não hesitaste ser um estupor. Eis uma consolação enorme: com a velhice, a Taxa de Aturação começa a voltar ao que era quan…

Grafismo e Filosofia

O designer gráfico Genís Carreras criou uma série de ilustrações que rapidamente conquistaram a Internet. O tema? Correntes filosóficas e atitudes existenciais, algo por si só abstrato e particularmente difícil de caracterizar numa imagem simbólica. Consulte aqui.

Problemas da educação

O Museu dos Museus

Descobrir um pouco de Van Gogh

Quem somos nós? (para ver criticamente... como tudo...)

As pessoas sensíveis

As pessoas sensíveis não são capazes
De matar galinhas Porém são capazes De comer galinhas
O dinheiro cheira a pobre e cheira À roupa do seu corpo Aquela roupa Que depois da chuva secou sobre o corpo Porque não tinham outra O dinheiro cheira a pobre e cheira A roupa Que depois do suor não foi lavada Porque não tinham outra
"Ganharás o pão com o suor do teu rosto" Assim nos foi imposto E não: "Com o suor dos outros ganharás o pão". Ó vendilhões do templo Ó construtores Das grandes estátuas balofas e pesadas Ó cheios de devoção e de proveito
Perdoai-lhes Senhor Porque eles sabem o que fazem.
Sophia de Mello Breyner Andresen

Liberdade, onde estás? Quem te demora?

Liberdade, onde estás? Quem te demora? Quem faz que o teu influxo em nós não caia? Porque (triste de mim!), porque não raia Já na esfera de Lísia a tua aurora?
Da santa redenção é vinda a hora A esta parte do mundo, que desmaia. Oh!, venha... Oh!, venha, e trémulo descaia Despotismo feroz, que nos devora!
Eia! Acode ao mortal que, frio e mudo, Oculta o pátrio amor, torce a vontade, E em fingir, por temor, empenha estudo.
Movam nossos grilhões tua piedade; Nosso númen tu és, e glória, e tudo, Mãe do génio e prazer, ó Liberdade!
Bocage

Poema da auto-estrada

Voando vai para a praia
Leonor na estrada preta. Vai na brasa, de lambreta.
Leva calções de pirata, vermelho de alizarina, modelando a coxa fina, de impaciente nervura. como guache lustroso, amarelo de idantreno, blusinha de terileno desfraldada na cintura.
Fuge, fuge, Leonoreta: Vai na brasa, de lambreta.
Agarrada ao companheiro na volúpia da escapada pincha no banco traseiro em cada volta da estrada. Grita de medo fingido, que o receio não é com ela, mas por amor e cautela abraça-o pela cintura. Vai ditosa e bem segura.
Com um rasgão na paisagem corta a lambreta afiada, engole as bermas da estrada e a rumorosa folhagem. Urrando, estremece a terra, bramir de rinoceronte, enfia pelo horizonte como um punhal que se enterra. Tudo foge à sua volta, o céu, as nuvens, as casas, e com os bramidos que solta, lembra um demónio com asas.
Na confusão dos sentidos já nem percebe Leonor se o que lhe chega aos ouvidos são ecos de amor perdidos se os rugidos do motor.
Fuge, fuge, Leonoreta Vai na …

O Portugal futuro - Ruy Belo

Filmezinho do dia 17

Filmezinho do dia 16

Filmezinho do dia 15

Filmezinho do dia 14

Filmezinho do dia 13

Filmezinho do dia 12

Filmezinho do dia 11

Filmezinho do dia 10

Filmezinho do dia 9

FIlmezinho do dia 8

Filmezinho do dia 7

Filmezinho do dia 6

Filmezinho do dia 5

Filmezinho do dia 4

Filmezinho do dia 3

Convite - 500 anos do foral de Aveiro

Filmezinho do dia 2

Filmezinho do dia 1